Plásticos: práticos mas vilões da natureza

Os materiais plásticos estão presentes em todas as casas. Muito comuns nas embalagens de alimentos, bebidas, higiene pessoal entre outros. Na média uma família com 4 pessoas gera 100 litros de material reciclável por semana. 50% são plásticos. 

Infelizmente é um vilão para o meio ambiente. Na época que foi criado, não havia preocupação ambiental, não estava em foco, e a produção desenfreada do material levou à situação na qual o planeta se encontra hoje. Milhões de toneladas são jogadas em lixões, aterros sanitários, natureza e oceanos todos os dias. 

Sendo assim, a reciclagem é um dos principais caminhos para minimizar os impactos ao meio ambiente, reaproveitar os materiais, gerar novos postos de trabalho e movimentar a economia circular.

Consegue-se dar um destino para os resíduos que seria acumulado no meio ambiente, reinserindo o mesmo na produção. Além disso, ela evita o uso do petróleo, que é uma matéria-prima não renovável e poluente. Dessa forma, ao reciclar e difundir ideias de sustentabilidade muitas empresas estão trabalhando para melhorar esse cenário, por exemplo, com projetos para coletar embalagens usadas e enviar para cooperativas, onde elas são segregadas e enviadas para a indústria recicladora.

Assim, observa-se que reciclagem e sustentabilidade estão intimamente ligadas e, portanto, quanto mais o mercado de coleta seletiva e reciclagem crescerem, mais haverá uma preocupação com o nosso planeta. Invista nessa causa e consulte a Valora para bater suas metas ESG e ajudar nosso meio ambiente.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *